Mais das férias

Alohaaa!!

polynesia.JPG

Estas sim foram umas super férias. Descansamos muito (a minha cabeça então, puff esvaziou de stresses, complicações, trabalho e problemas), divertimo-nos imenso e aproveitamos muito. As palavras e mesmo as fotos não conseguem descrever a beleza do Havai. Nunca tinhamos feito férias “de praia” nem nos seduzia, mas com esta oportunidade do congresso resolvemos ir. Foi uma surpresa muito grande… aquelas ilhas ali, perdidas no meio do Pacífico, são verdadeiras pérolas, o paraíso como os havainos dizem e com razão! O tempo é outra maravilha, estavam 26 a 28ºC e era inverno… segundo nos disseram os nativos, apesar de terem estações do ano a temperatura não varia muito.

waimea.JPG

Na minha memória fica o cheiro a Havai (que é cheiro a flores); os lindos leis;as flores, os pássaros e as árvores; o azul tão azul e o verde tão verde; as praia de postal; a alegria e calma dos havaianos; os golfinhos a nadarem com o nosso barco; almoçar numa praia quase deserta a ver as baleias lá ao fundo; mergulhar na praia mais bonita que já vi e imaginei e ver os peixinhos e os corais; andar de Harley com um sol fantástico e uma paisagem deslumbrante; as danças e cantares alegres; Pearl Harbor e o USS Arizona; os japoneses por todo o lado (os que lá vivem e os outros); as camisas havainas (que afinal eles usam e muito)… mahalo Havai, por estes dias inesquecíveis!

temple.JPG

O tempo foi curto para tanto que havia para fazer e ver… temos que voltar :D

São Francisco é uma cidade muito gira e muito peculiar. As ruas a subir a descer são muito engraçadas (mas não é nada engraçado andar a subi-las, dizem os meus pézitos!!) e tanta àgua ali tão perto sabe mesmo bem e aqueles cable cars super funs! Não estivemos muito tempo, mas deu para ter uma ideia geral da cidade, da vida nocturna e dos habitantes.

sf.JPG

Chicago… hum Chicago tem um andamento muito bom, muito cool (cool e cold, que estava frio, mas frio – nevou e tudo!). É uma espécie de Nova Iorque (saudades, saudades…), mas mais pequena e com um bocadinho menos de glamour. Adorei visitar o Art Institute of Chicago (muito mais que o MoMa de São Francisco), subir à Sears Tower (é o terceiro edifício mais alto do mundo – que vista!) e ficar instalada na Mag Mile! Supimpa!

chicago.JPG

Ah e finalmente vi este quadro:

seurat.JPG

É ainda mais espantoso ao vivo… uau!

Agora é a volta à realidade, ao tempo de inglaterra, à minha tese, etc etc… mas com as pilhas carregadas e este bom espírito só pode correr bem ;)

(Fotos: margarida sardo, 2008)

  • Nês says:

    Carambas…tens mm de me fazer uma lavagem ao cérebro para me fazeres acreditar q afinal vale a pena visitar sítios paradisíacos ;)

    Beijucas e sê bem vinda

  • Leave a Reply